Bem vindo ao SOS Designers

Faça o seu cadastro gratuito no Portal SOS Designers e tenha um acesso personalizado.

Empresas

Cadastre gratuitamente suas vagas, crie sua propria Lista de Curriculos Favoritos, e tenha um acesso personalizado.

Usuarios

Cadastre gratuitamente seu curriculo, crie sua propria Lista de Noticias Favoritas e tenha um acesso personalizado.

Área de Empresas | Vagas

Área de acesso a empresas cadastradas que desejam postar vagas de empregos no Portal e pesquisar curriculos.

Cadastre-se gratuitamente
Esqueceu a sua senha?

Área de Usuarios | Curriculos

Área do Usuario que deseja cadastrar seu curriculo e pesquisar vagas.



Cadastre-se gratuitamente
Esqueceu a sua senha?


Redes Sociais
Siga o Portal SOS Designers no Twitter Siga o Portal SOS Designers no Facebook

Últimas Notícias

Você está aqui: Home » Lista de Notícias » Apple, Google e Facebook se unem contra criptografia enfraquecida

Pesquisar no Portal SOS Designers





Tempo Real



Siga o SOS Designers




Apple, Google e Facebook se unem contra criptografia enfraquecida







Postado em 21/11/2015

Depois do ataque a Paris, empresas de tecnologia, entre elas a Apple, o Facebook e o Google, fizeram um aviso se posicionando contra o enfraquecimento das ferramentas de criptografia usadas em sistemas de seguranças de indústrias como a bancária e do transporte.

Isso aconteceu como uma resposta a ideias que sugiram numa reunião das nações do G20 que aconteceu na última segunda-feira, 16, onde eles discutiram a reação aos eventos na França e o lançamento de iniciativas de segurança conjuntas para combater o Estado Islâmico.

Dean Garfield, CEO do Conselho da Indústria da Tecnologia da Informação (ITIC), afirmou que por mais que eles apreciassem o trabalho que estavam tendo para a proteção do povo, o enfraquecimento da criptografia e criação de buracos propositais em dispositivos encriptados criará vulnerabilidades que podem ser usadas pelos "caras maus", o que causaria danos físicos e financeiros para a sociedade e a economia. 

Enquanto tudo isso acontece, o Washington Post juntou declarações feitas por Pavel Durov, CEO do app de mensagens criptografadas Telegram, que parece estar voltando atrás a respeito do seu conhecimento do uso do seu serviço pelo Estado Islâmico.

Em setembro, Durov, cuja companhia não é membro do ITIC, admitiu que o grupo estaria usando o Telegram. Na última semana ele usou o seu o seu perfil no VK (equivalente russo do Facebook também criado por ele) para sugerir que banir palavras pode ser um jeito melhor de combater o extremismo do que voltar seus alvos para a tecnologia. Apesar disso, uma declaração postada no site da companhia contradiz isso ao afirmar que eles ficaram chicados ao saber que os canais do Telegram estavam sendo usados pelo Estado Islâmico.

A Telgram também confirmou que 78 canais que eram relacionados ao Estado Islâmico foram bloqueados desde o ataque em Paris. A Reuters, entretanto, afirma que novos estão sendo criados tão rápidamente quanto estes estão sendo removidos.


FONTE: http://olhardigital.uol.com.br/noticia/empresas-de-tecnologia-dizem-que-enfraquecer-criptografia-ajudara-os-caras-maus/53163

Deixe seu comentário:



© Copyright 2002-2017
Portal SOS Designers
Webmaster: Luiz Antonio Bovi